Reforçando a aposta estratégica na Economia do Mar.

Nos últimos anos, a CONSULGAL tem recentrado o seu foco estratégico na Economia do Mar, procurando desenvolver negócios nas áreas das energias renováveis oceânicas, obras marítimas e portuárias, aquacultura, projetos de dessalinização, hidrogénio verde e combustíveis sintéticos.

É, neste contexto, que a CONSULGAL aderiu ao Fórum Oceano, reforçando esta sua aposta estratégica no estabelecimento de novas parcerias e oportunidades de negócio com os membros do Fórum, para concretização de projetos inovadores de Investigação e Desenvolvimento.

A CONSULGAL tem um portefólio rico em projetos relacionados com a Economia do Mar, destacando-se trabalhos recentes, como o estudo de viabilidade do abastecimento de energia elétrica Shore to Ship (OPS) nos 8 terminais portuários que integram o Porto de Setúbal, os serviços de consultoria e fiscalização da construção das infraestruturas do Porto de Nacala, em Moçambique, entre outros.

O Forum Oceano é a entidade que gere o Cluster do Mar Português. Tem a missão de reforçar dinâmicas de cooperação estratégica entre atores – empresas, centros de IDT, instituições de ensino superior, organismos da Administração Pública – para promover a inovação, o emprego qualificado e a competitividade das empresas que utilizam o Mar e os recursos marinhos como elementos centrais da sua atividade, contribuindo para a digitalização, a descarbonização e a circularidade dos processos produtivos da Economia do Mar.

Em 2023, a CONSULGAL celebra 40 anos de vida.

Em 2023, a CONSULGAL celebra 40 anos de vida, plenos de realizações de estudos, projetos e gestão e fiscalização de grandes empreendimentos de infraestruturas de transporte, de ambiente e de energia bem como de importantes e emblemáticos edifícios.

Estes empreendimentos marcaram o progresso nestas quatro décadas de Portugal e dos Países onde trabalhámos nestes anos, na Europa, Ásia, África e América.

Neste período o mundo atravessou uma significativa transformação qualitativa e tecnológica que o Grupo CONSULGAL acompanhou sempre no pelotão da frente.

O futuro é um desafio permanente para o qual temos de estar sempre preparados envolvendo a atual e as novas gerações e, para respondermos a esse desafio, temos de estar também sempre presentes.

Em 2023, a CONSULGAL celebra 40 anos de atividade e de sucessos.

Desde a sua fundação em 1983, ainda com a designação de CONSULGAL – Consultores de Projectos Industriais, Lda, a CONSULGAL tem vindo a participar na implementação de grandes projetos de infraestrutura a nível nacional e internacional, contribuindo para o desenvolvimento e progresso.

Suportada na excelência dos seus colaboradores, a quem agradecemos o empenho, apoio e dedicação, a CONSULGAL – Consultores de Engenharia e Gestão consolidou, ao longo destes 40 anos, a sua posição como uma das empresas de Engenharia portuguesas mais conceituadas.

Acompanhe-nos neste ano de celebrações.

Feliz 2023!

Foi inaugurada em 14 de dezembro de 2022 a obra do Estreito da Calheta – Jardim do Mar – Fase B

Foi inaugurada em 14 de dezembro de 2022 a obra do Estreito da Calheta – Jardim do Mar – Fase B, que ficou aberta à circulação automóvel a partir dessa data, sem prejuízo da continuação dos trabalhos da empreitada que, embora condicionem pontualmente, não impedem a operacionalidade da sua utilização.

A fiscalização está a cargo da CONSULGAL que, para além do esforço colocado para o cumprimento do objetivo de abertura à circulação automóvel na data prevista, terá agora um trabalho acrescido de coordenação e fiscalização dos trabalhos sem que tal constitua um risco para os utilizadores daquele troço rodoviário.

Está em fase de conclusão a 1.ª empreitada de construção do Hospital Central e Universitário da Madeira, cuja fiscalização e coordenação da obra está a cargo do Consórcio liderado pela CONSULGAL.

Esta primeira fase de construção diz respeito à escavação e contenções periféricas, preparando o local da obra para o início da 2.ª empreitada, de estruturas e espaços exteriores, cujo arranque se perspetiva para o mês de novembro de 2022.

Parabéns à nossa equipa afeta a este projeto!

No dia 21 de Outubro de 2022, nas suas novas instalações, a CONSULASIA assinou um novo protocolo com a CCCC Third Harbor Consultants Company Limited (CCCC3).

No âmbito de uma politica de consolidação estratégica no mercado asiático, a CONSULASIA, subsidiária da CONSULGAL em Macau, tem vindo a fortalecer parcerias, em particular tendo com o objectivo de cimentar a sua posição no mercado da “Greater Bay Area”, que se encontra já em fase de desenvolvimento.

Neste contexto, no dia 21 de Outubro de 2022, nas suas novas instalações, a CONSULASIA assinou um novo protocolo com a CCCC Third Harbor Consultants Company Limited (CCCC3), uma empresa subsidiária de um gigantesco conglomerado chinês, a CCCC – China Communications Construction Company Limited (http://en.ccccltd.cn/).

A parceria com a CCCC3 iniciou-se em Junho de 2010 com assinatura de um primeiro memorando de entendimento em Macau na Sede da CONSULASIA. Em Outubro do mesmo ano, a CONSULASIA visitou os escritórios da CCCC3 em Shanghai onde foi ratificado e assinado um novo acordo de cooperação.

De entre a cooperação realizada entre as duas empresas destacam-se as diferentes fases do projeto do aterro da Zona A que constitui, atualmente, a base mais importante de suporte ao desenvolvimento e construção urbana em Macau.

Este novo acordo abrirá caminho a um incremento da cooperação interempresarial promovendo melhores condições para enfrentar os novos desafios, em particular os que são inerentes ao desenvolvimento dessa extraordinária megalópole “Área da Baía de Cantão-Hong Kong-Macau”.

A experiência da CONSULGAL em ANGOLA está profundamente enraizada em Projetos de Abastecimento de Água e Saneamento.

É com orgulho que anunciamos que um Consórcio liderado pela CONSULGALconcluiu com sucesso, em Junho de 2022, o Contrato de “Revisão de Projeto e Fiscalização da Obra de Rede de Abastecimento de Águas e Ligações Domiciliárias na Cidade do Huambo – Lote 2”.

O objetivo deste projeto, conduzido pelo Governo da República de Angola, insere-se no objetivo estabelecido de reforço da capacidade institucional e melhoria da eficiência das agências do governo angolano no sector da água com vista a melhorar o acesso da população à prestação de serviços de água.

Como resultado deste projeto, desde maio de 2022, 16.634 habitações estão ligadas à rede de abastecimento de água e têm acesso a estes serviços na cidade do Huambo, Angola.

Os aspetos mais relevantes do projeto são os seguintes:

  • Rede de abastecimento em tubos de Polietileno de Alta Densidade (PEAD).
    • Mais de 157 km de Rede de Distribuição em tubo PEAD.
    • Mais de 6 Km de Adutores Principais em tubo PEAD.
  • Acessórios hidromecânicos:
    • 3.279 válvulas de seccionamento
    • 9 ventosas
    • 10 descargas de fundo
    • 36 caudalímetros
    • 276 válvulas de corte
  • Ligações domiciliárias:
    • 16.634 ligações domiciliárias

O objetivo geral deste contrato de consultoria foi realizar a revisão projeto de execução da rede de distribuição de água e a fiscalização as obras, como representante do Dono de Obra.

CANDIDATURA

1
1
1
1
1
1
1
1

Formato do ficheiro: PDF Tamanho do ficheiro: até 75MB

Nome do ficheiro:

Tamanho do ficheiro:

A CONSULGAL iniciou, em Julho de 2022, o estudo e projeto de execução do acesso ao Terminal Ferroviário de Alfarelos – 2ª fase, para a Infraestruturas de Portugal.

Este novo acesso rodoviário abrange os concelhos de Montemor-o-Velho e Soure, nomeadamente as freguesias de Montemor-o-Velho, Gatões e Ulmeiro, tendo o seu ínicio na rotunda existente na ligação ao nó da A 14 – Autoestrada Figueira da Foz/Coimbra (Norte), e terminando na rotunda da EN 347 que garante o acesso ao Centro de Alto Rendimento de Montemor-o-Velho, adjacente à Pista de Remo.

A variante em estudo permitirá corrigir a estrutura viária à escala municipal e sub-regional, bem como melhorar as condições de acessibilidade ao TMIP e às zonas industriais em franco desenvolvimento localizadas a sul do rio Mondego.

Constituirá, assim, um corredor de ligação rápida através da A14 à A1 e IP3 (a nascente) e à A 17 (a poente), revelando-se como um projeto dinamizador para a região. Será também determinante para a redução dos impactes negativos que afetam a população residente na zona urbana de Montemor-o-Velho fustigada pelo atravessamento constante de veículos, com destaque para o tráfego pesado.

A variante envolverá um investimento de cerca de € 23 milhões e incluirá um viaduto com cerca de 800m de comprimento.

A COTEC Portugal – Associação Empresarial para a Inovação atribuiu à CONSULGAL o Estatuto Inovadora COTEC 2022.

O Estatuto Inovadora tem como objetivos centrais, por um lado, a promoção do reconhecimento público de empresas que, pelo seu desempenho de inovação, constituam exemplos de criação de valor para o país e, por outro, o estabelecimento de uma rede de parceiros que valorizem esta distinção, potenciando os benefícios mútuos para as empresas inovadoras.

Nos últimos 20 anos, a CONSULGAL participou em vários projetos de Investigação, Desenvolvimento e Inovação, quase todos financiados ao abrigo dos vários programas lançados pela Comissão Europeia nessa área, nomeadamente FP7 e Horizonte 2020. A CONSULGAL prepara-se agora para participar em novos projetos nesta área, quer ao abrigo do programa Horizonte Europa quer no âmbito de programas nacionais.

Em meados de Abril de 2022, a CONSULGAL, através da sua sucursal CONSULGAL Perú, iniciou a prestação de serviço de fiscalização das intervenções de reabilitação da estrada Vicachani – Callabri – Sibayo, na província de Arequipa, Perú. O contrato tem uma duração prevista de 20 meses.

Com um investimento de 210 911 327 Soles (equivalente a 46 milhões de Euros), a intervenção abrange 4 troços da infraestrutura, totalizando 48 km, e desenvolve-se a altitudes entre 3 909 metros e 4 691 metros.

Tendo por objetivo melhorar o asfaltamento da estrada na Província de Caylloma, Região de Arequipa, o projeto visa garantir um fluxo de tráfego seguro e eficiente, mantendo uma velocidade de acordo com as condições geográficas, reduzindo assim os custos operacionais dos veículos, o que se refletirá na redução dos custos de transporte para a área e na melhoria na qualidade de vida da população.

Este é o mais recente de 11 contratos já implementados ou em implementação pela CONSULGAL no Perú, desde 2019, através da sua sucursal naquele país.

¡Enhorabuena CONSULGAL Peru!

A CONSULGAL e a CONSULGAL BRASIL integram o Consórcio ICC responsável pela fiscalização de obras de expansão da Linha 2 – Verde do Metro de São Paulo, tendo a prestação de serviços iniciado a 22 de Junho de 2022 e um duração prevista de 63 meses.

As obras de expansão, com um valor de investimento de 6,4 biliões de Reais (1160 milhões de Euros), tornarão a Linha 2-Verde a mais extensa do sistema do Metro de São Paulo, com 23 quilómetros, ligando-a à Linha 3-Vermelha em Penha.

Esta extensão terá uma utilização média de mais de 320 mil passageiros por dia útil e abrigará mais 22 carruagens na linha, levando a uma diminuição dos tempos de trajeto da população da Zona Leste da cidade de São Paulo (a zona mais populosa da cidade com aproximadamente 5 milhões de pessoas) e a uma redistribuição do fluxo de passageiros de toda a rede do metro.

Os serviços do Consórcio abrangem a fiscalização da construção de aproximadamente 8,4 km de túneis, realizados pelos métodos NATM e SHIELD (TBM), de 4 das 8 novas estações (Vila Formosa, Santa Isabel, Guilherme Giorgi e Aricanduva) e a construção do Complexo Rapadura que incluirá Estacionamento e Manutenção de carruagens.

Parabéns à nossa equipa da Consulgal Brasil por mais um sucesso!

Há 22 anos, a 3 de Julho de 2000, a extensão da pista do aeroporto da Madeira entrou em operação

Esta é uma data marcante para a CONSULGAL, já que fomos responsáveis pela gestão do projeto e fiscalização da construção quer da extensão da pista, quer da ampliação da aerogare, edifícios de apoio e acessos ao aeroporto, tendo também estado envolvidos nos trabalhos anteriores relacionados com o prolongamento da pista original.

Este projeto, um dos mais complexos em implementação no Mundo na altura, vencedor do prémio Oustanding Structure Award 2004 da IABSE (Associação Internacional de Engenharia de Pontes e Estruturas), revelou-se fundamental para o desenvolvimento da Madeira e para a sua afirmação como destino turístico de excelência.

Foi também fundamental para a consolidação das competências e experiência da CONSULGAL no que se refere a estudo, projeto, gestão e fiscalização da construção de aeroportos, o que permitiu à nossa empresa conduzir projetos na mesma área em outros países e tornar-se na empresa portuguesa mais capacitada neste âmbito.

Obrigado a todos os que participaram neste projeto que nos orgulha e parabéns ao Aeroporto Internacional da Madeira, atual Aeroporto Cristiano Ronaldo.

A economia do mar é uma das áreas prioritárias para o desenvolvimento de negócio da CONSULGAL.

A CONSULGAL esteve representada nos principais eventos da Conferência dos Oceanos das Nações Unidas, entre 27 de junho e 1 de julho, em Lisboa.

A Conferência dos Oceanos das Nações Unidas, coorganizada pelos governos de Portugal e do Quénia, reúne representantes de 159 países e acontece num momento em que o mundo enceta esforços para mobilizar atores dos setores público e privado, para criar e promover soluções para os problemas que afetam os oceanos, que permitam alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU até 2030.

(na foto, da esquerda para a direita, Fausto Brito e Abreu (Consulgal), Madalena Callé Lucas (EDP) , Joana Vieira da Silva (APA))

Decorreu de 27 a 30 de Junho, em Berlim, mais uma reunião plenária do projeto europeu de Inovação ZDMP – Zero Defects Manufacturing Platform, em que a Consulgal participa como líder do piloto da Construção

Organizada pela DIN – Deutsches Institut für Normung (Instituto Alemão para a Normalização) e quando faltam cerca de 6 meses para a conclusão do projeto, a reunião permitiu aferir o estado de desenvolvimento da plataforma e das aplicações desenvolvidas para os 4 pilotos (Eletrónica, Construção, Ferramentas e Automóvel), bem como ultimar o modelo de negócio da plataforma e definição de novas ações de divulgação do projeto.

A Consulgal apresentou algumas das aplicações desenvolvidas para o seu piloto ao Grupo de Aconselhamento, constituído por 4 peritos externos, tendo sido o único piloto a fazê-lo. Além disso, no âmbito da Equipa para Promoçao de Igualdade de Género, que integra com outros 5 elementos do consórcio, participou na elaboração de um documento de orientação que apresentará à Comissão Europeia como guia para promoção de igualdade de género em futuros projetos do Horizonte Europa.

Obrigado a Christian Grunewald pela organização e pelo excelente acolhimento e obrigado a todos os consorciados por mais um encontro produtivo e inspirador.

Projeto e Fiscalização direcionados para infraestruturas que se querem resilientes a eventos climáticos extremos.

 

CONSULGAL é líder de um Consórcio que desenvolve as soluções que reforçam a resiliência das infraestruturas intervencionadas no âmbito do programa de reconstrução na cidade da Beira, em que são mitigados os impactos negativos dos fenómenos associados às alterações climáticas.

O Contrato com o Gabinete de Recuperação Pós-Ciclone (GREPOC) inclui o projeto de execução e supervisão dos trabalhos de reabilitação de várias infraestruturas destruídas pelo ciclone Idai.

As soluções técnicas que estão a ser desenvolvidas são alinhadas com os princípios do Build Back Better (BBB), garantido assim uma reabilitação resiliente.

CANDIDATURA

1
1
1
1
1
1
1
1

Formato do ficheiro: PDF Tamanho do ficheiro: até 75MB

Nome do ficheiro:

Tamanho do ficheiro:

CANDIDATURA

1
1
1
1
1
1
1
1

Formato do ficheiro: PDF Tamanho do ficheiro: até 75MB

Nome do ficheiro:

Tamanho do ficheiro:

A CONSULGAL consolida a sua aposta na economia do mar, ambiente e energias renováveis.

 

Contratado como Diretor adjunto à Administração da CONSULGAL, Fausto Brito e Abreu, tem um vasto currículo profissional no setor público, com amplo trabalho desenvolvido nas áreas da economia do mar, e do ambiente tendo ganho reconhecimento em funções como as de Diretor Geral de Política do Mar e de Secretário Regional do Mar, Ciência e Tecnologia dos Açores.

Trabalhando diretamente com a administração, Fausto Brito e Abreu será responsável pela identificação de novos projetos, parcerias e negócios nas áreas da economia do mar, ambiente e energias renováveis, bem como nos domínios da inovação, investigação e desenvolvimento, do espaço, e da segurança e defesa nacional, incluindo as oportunidades decorrentes do Plano de Recuperação e Resiliência.